segunda-feira, 27 de junho de 2011

Eu sofro sendo assim, eu sofro porque, quando você acha mais da metade do mundo babaca, você passa muito tempo sozinho.

"Aperta minha mão e me diz que eu posso deixar tudo isso pra trás sem tanta dor."

Tati Bernaradi

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Ser intelectual é usar sobretudo a inteligência, o que eu não faço: uso é a intuição, o instinto.

(Clarice Lispector)

Esqueço rápido a virtude, é o pecado que me faz pensar.


Carpinejar

"Ele também ri quando eu digo "ah! ele não entendeu nada." e olho pra ele sabendo que ele também não entende, mas pelo menos não vai embora.

"Ou vai mas, sempre volta."


"Não temos ciúmes e nem posse porque somos pra sempre."

"Ele conta do filme que tá fazendo, eu do livro. Os mesmos há mil anos."


"É um exibicionismo orgânico, como se meu silêncio pudesse continuar me vendendo como uma boa pessoa."

"Eu já fui bem bonita numa festa só porque ele queria me fazer de namorada peituda pra provocar a ex mulher."

"Minha maior tristeza é que todo novo amor que eu arrumo vem sempre com algum velho amor tão longo e bonito."

"E eu sofro porque com pouco tempo não consigo ser melhor que o muito tempo."

"E de sofrer assim e enlouquecer assim, nunca dou tempo de ser muito para esses amores porque estrago antes."


Tati Bernardi

Não tenho nenhum parafuso. Não tenho, não quero e não uso.


Arnaldo Antunes

Uma carta de desamor

Me desculpe por ter tomado a iniciativa. Me desculpe por ter escrito. Me desculpe por ter ligado. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por ter dito sim. Me desculpe por ter gemido. Me desculpe por ter gozado. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe pelos machucados que sua ex deixou em você. Me desculpe por eu ter vindo logo atrás dela. Me desculpe por querer entender seu silêncio. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por eu não ter usado máscara. Me desculpe por desejar alguma intensidade. Me desculpe por desejar. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe pelo que foi ruim. Me desculpe pelo que foi bom. Me desculpe pelo atrevimento de supor que eu merecia o que de bom aconteceu. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por eu ter tirado a roupa. Me desculpe por eu ter mostrado meu corpo. Me desculpe por eu ter gostado de mostrar meu corpo. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por eu ter escrito coisas lindas para você. Me desculpe por você não ter entendido um terço do que eu escrevi. Me desculpe por você ter me achado ousada demais. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por, em algum momento, eu ter te amado. Me desculpe por, em algum momento, eu ter te achado bonito. Me desculpe por, em algum momento, eu ter me achado bonita. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe pelos seus erros de português. Me desculpe pelos erros de português da sua nova namorada. Me desculpe pela sua nova namorada achar margarida uma flor pobre. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por você torcer para o Palmeiras. Me desculpe se uma barata entrar na sua cozinha algum dia. Me desculpe pelos 130 km de congestionamento em São Paulo agora. Me desculpe por eu ter voz.

Mas, sobretudo, me desculpe por pedir essas ridículas, inúteis e dolorosas desculpas. Que, naturalmente, não são para você, afinal, porcos não reconhecem pérolas.



Stella Florence

terça-feira, 21 de junho de 2011

A palavra quase silêncio, quase transborda.


Arnaldo Antunes

"Preguiça de conversar da briga e tal."

"Mas evoluímos para esse amor que nem sei explicar."

"Ele me conta das meninas, eu conto dos caras."

"Eu acho engraçado quando ele fala "ah! enjoei, ela era meio sem assunto." e olha pra mim com saudade."


Tati Bernardi
Não consigo mais aceitar relações pela metade. Em outras palavras, raspas e restos não me interessam.


Caio F.

“A alma é monótona, e sempre a mesma em toda a gente. O melhor da alma é o que transborda para o sonho...”


(Fernando Pessoa)

terça-feira, 14 de junho de 2011


"Já que eu não sei como será o dia de amanhã, eu preciso viver bem o dia de hoje."


"Desconfio, acredito, aposto no que considero ser o melhor caminho."


Padre Fábio de Melo



"Saber não é suficiente; devemos aplicar. Querer não é suficiente; devemos agir."


(Goethe)
Procuro nos búzios e no horóscopo o resto da minha dignidade. Tento ser mais cética, mais durona, mas sou totalmente tendenciosa quando alguma coisa diz que eu posso ser feliz. É sempre mais fácil culpar o autosabotamento com signos do zodíaco ou algo que se preze, do que entender que você, independente de onde marte esteja neste exato momento, gosta de arrancar as próprias penas apenas para ver aonde dói.
Gosta de se cutucar para ver aonde sangra, aonde incomoda, que parte do seu corpo sente mais falta dele, em que momento do dia você perde a razão, fica sem ar, o porquê grita tanto internamente ao ponto que se deita exausta de tanta coisa que é sua, mas que você não sabe lidar, e por isso é fácil apelar para o impalpável e para todas as superstições existentes para que tirem a culpa que você carrega de querer tanto ser como os outros, mas não é. O amor que tanto se proclama, dessa busca e espera infindável, "que chegue e será bem vindo, que será esperado" que some em alguns meses, que se sobrepõe na esquina por um outro qualquer, por essa falta, esse buraco no estômago, essa fome de se sentir amado, de se sentir querido, de se sentir seguro, quando amor é nada além da sensação de estar caindo e não saber onde se segurar.E por isso eu culpo toda e qualquer manifestação esotérica, pelo meu amor volúvel que vai para qualquer pessoa que me desperte algo que valha terminar o dia, e sendo assim é mais fácil despejar em alguma coisa impalpável a minha incapacibilidade de ser como o resto das pessoas. Porque eu nunca tive motivos para acreditar em nada que dure para sempre. Porque eu sempre fui tocada pelas mais diferentes formas de vida e por qualquer frase um pouco mais inteligente, porque dói entender que a posição da lua não interfere no quanto eu morro um pouco todos os dias. Porque eu acredito em tudo e isso de não descartar nada, me faz voltar para casa depois de me apaixonar a cada esquina, e querer uma cama só. Eu me machuco pra saber onde dói, mas hoje sei exatamente que parte de mim sente mais falta dele. Tudo.


Madame Bovary
Acredito que essa moça, no fundo, gosta dessas coisas: de se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar.

De repente a gente se encontra numa esquina, num outro planeta, no meio duma festa ou duma fossa, a gente se encontra, tenho certeza.

Quando sentir algo muito forte, peça um drink.

Caio F.

"Sobrou desse nosso desencontro; Um conto de amor sem ponto final"


Chico B.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Quando você sente saudade demais de uma pessoa, então começa a vê-la nas outras, em todos os lugares, de costas, por um jeito de andar, de sorrir ou virar a cabeça de lado.


Caio F.

Flor de Ir Embora


Flor de ir embora
É uma flor que se alimenta do que a gente chora
Rompe a terra decidida
Flor do meu desejo de correr o mundo afora
Flor de sentimento
Amadurecendo aos poucos a minha partida
Quando a flor abrir inteira
Muda a minha vida
Esperei o tempo certo
E lá vou eu
E lá vou eu
Flor de ir embora, eu vou
Agora esse mundo é meu
Une Fleur



- Fátima Guedes

"O amor é tão mais fatal do que eu havia pensado, o amor é tão mais inerente quanto a própria carência, e nós somos garantidos por uma necessidade que se renovará continuamente. O amor já está, está sempre. Falta apenas o golpe da graça - que se chama paixão." Clarice L.


"Minhas desequilibradas palavras são o luxo do meu silêncio." Clarice L.


"Por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu não falar eu me perderei, e por me perder eu te perderia." Clarice L.

domingo, 12 de junho de 2011


"Viajar é descobrir o mundo que não temos."

"Há pessoas que nos roubam, há pessoas que nos devolvem."

"A gente só ama quando entra no tempo do outro."

"A crença em Deus também passa pela crença no Humano."


Padre Fábio de Melo
Obrigada pela sua parte que me toca.



Tati Bernardi
Mas que seja bom o que vier, para você, para mim. Com cuidado, com carinho grande, te abraço forte e te beijo.


Caio F.

Hoje tomaria um porre de conhaque com você. Um porre lúcido. Fomos FEITOS para tomar porres de conhaque um com o outro.


Caio F.
De tanto olhar você, meu olho se enamorou.


Arnaldo Antunes

sexta-feira, 10 de junho de 2011


“Não tenho certeza de nada, a não ser da santidade dos afetos do coração e da verdade da imaginação”.



John Keats

"O amor é feroz; Faz em nós um estrago medonho"


Chico Buarque
Quando o silêncio passa a aparecer na conversa entre amigos é sinal de amor.


Carpinejar
" Muitas vezes as semelhanças mais profundas são secretas."


Raymond Radiguet
Repito sempre: sossega, sossega — o amor não é para o teu bico.



Caio F.
Aproveite o momento é uma frase de quem só tem segundas intenções.



Carpinejar

quinta-feira, 9 de junho de 2011

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Algumas coisas, por mais impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem no fundo, que foram feitas pra um dia dar certo.



Caio F.
Queria que você, sem uma palavra, apenas viesse.


(Clarice L.)

"É neste sossego absurdo de mim e de tudo que penso em ti."



(Fernando Pessoa)
"Tudo que eu sinto esbarra em Deus."


(Adélia Prado)
"E por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu nao falar eu vou me perder, e por me perder eu te perderia."


(Clarice Lispector)

O corpo tem alguém como recheio.



Arnaldo Antunes
Tô punk de gritar seu nome sem parar.



Arnaldo Antunes
Pote é fácil, quero ver um homem abrir o coração.



Tati Bernardi

domingo, 5 de junho de 2011

Sei que não fico assustado demais, e enfrento, e reconstituo os pedaços, a gente enfeita o cotidiano — tudo se ajeita. Menos a morte.


Caio F.

"Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo; aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim."


Caio F.
"Me peguei pensando em você. Literalmente."



Tati Bernardi
"Sei que ele vai me guiando; Guiando de mansinho; Pro caminho que eu quiser"


Chico Buarque

sábado, 4 de junho de 2011


"Ele sempre vai embora antes da gente ser alguma coisa juntos."


Tati Bernardi
"Eu quis ele por uma aventura, uma risada, uma distração. Depois quis o colo dele para sempre."


Tati Bernardi

* A gente procura um amor que dure o mais possível. Procura, procura, talvez tu ache.


* O que vale a pena possuir, vale a pena esperar.


* Quando alguém, no plano real, toma forma, a gente imediatamente projeta toda aquela emoção presa na garganta do sonho. E fatalmente se fode.

* Sei lá, menina, tá tudo tão legal — e um legal tão batalhado, um legal merecido, de costas e pernas doendo, mas coração tranquilo.


Caio F.